Orgulho em Portugal


Ainda o jogo de ontem ia a meio e já pensava nas palavras que vos escreveria hoje, independentemente do resultado. É que eu tenho ORGULHO em Portugal e vocês?

Não me refiro apenas à Selecção Nacional de Futebol, refiro-me a este país cuja bandeira é pintada de verde, amarelo e vermelho e se pauta pelo "contra os canhões marchar, marchar!". São palavras que se sentem nas nossas vozes porque nós somos o povo que luta contra todas as adversidades e se une para acreditar numa vitória, seja no futebol, seja na música, seja nas nossas coisas pessoais.

O nosso território é invadido por uma ainda densa área florestal e a água serpentea por entre esta paisagem deslumbrante, refrescante para a alma. A nossa costa é rodeada de um mar translúcido, que até na sua revolta nos consegue acalmar a mente.

Nós somos o povo do bom vinho e da boa comida e eu sinto isso quando vou para fora. Temperamos com amor, saboreamos com prazer e por entre pratos cheios vamos partilhando e discutindo sobre a vida deste país com a família, com os amigos ou até sozinhos na companhia da televisão.

Nós temos a revolta em nós, quando não estamos bem dizemos bem alto! Não temos medo e manifestamos ordenadamente as nossas vontades. Passamos por períodos difíceis mas somos este nobre povo, esta nação valente que sabe ser imortal.

Eu tenho Orgulho em Portugal e manifesto-o sempre. Quando alguém me pergunta sobre as peças que vou criando eu faço questão de referir que mais de 95% dos materiais utilizados são feitos em Portugal e só não é a 100% porque nem sempre é possível.

Nós temos bom desporto, temos o fado e boa música, temos a tal boa comida que já referi, temos este povo que não hesita unir-se e que mesmo nas adversidades quando desata a reclamar de tudo nunca deixa de defender a sua nacionalidade. Reclamamos porque não queremos perder a Portugalidade e a herança que os nossos antepassados heróis do mar nos deixaram.

Eu tenho ORGULHO em Portugal e emociono-me quando sei que 11 milhões de corações cantam um hino, um dos mais belos do mundo e que o fazem valer todos-os-dias.

Somos aquele povo que vai ultrapassando as etapas e que quando chega à meta concentra todas as suas energias numa coisa só: a vitória. Mas mesmo quando ela não chega, sabemos que um dia seremos capazes e vamos tentando, tentando, tentando, marchando, marchando, marchando... porque pela pátria é preciso lutar!

Eu tenho ORGULHO em Portugal e vocês?

Lídia

A Maparim

Sem comentários:

Enviar um comentário

Obrigada pelo seu comentário!

Instagram